8. DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS

8. 1. COMPOSIÇÃO DOS RECURSOS GARANTIDORES

INVESTIMENTO POR SEGMENTO


Diante da segregação real de ativos entre planos na busca da melhor alocação objetiva na relação risco x retorno, apresentamos os investimentos por segmento dos planos de benefícios administrados pela EnergisaPrev

8. 2. DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS - DI / POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 1º SEMESTRE/2017 

8. 3. DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS - DI / POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2º SEMESTRE/2017 

8. 4. JUSTIFICATIVAS PARA DESENQUADRAMENTOS E INOBSERVÂNCIAS À RESOLUÇÃO 3.792 – BACEN

De julho a agosto de 2017, o Plano Elétricas OP possuía um desenquadramento em relação os investimentos no segmento de imóveis. E de julho a dezembro de 2017, o Plano Elétricas BDI também possuía o mesmo desenquadramento, estando em desacordo em relação ao Art. 39 da Resolução CMN ° 3.792, ocasionados por reavaliações de imóveis. Todavia, segundo o Art. 52, inciso VII da mesma Resolução, não são considerados como infringência aos limites desenquadramento passivos decorrentes de reavaliação de imóveis, e a Entidade tem o prazo de setecentos e vinte dias para solucioná-lo (prazo este que se encerra em outubro de 2018).


Quanto ao demais itens, os limites das aplicações dos recursos dos planos de benefícios previdenciários administrados pela EnergisaPrev, estão em consonância com a Resolução do CMN nº 3.792, de 24/09/2009 e Resolução CMN nº 4.275, de 31/10/2013, e ainda, com o estabelecido na Política de Investimentos (2017 a 2021).


Nos planos administrados pela Entidade, há um Fundo de Direitos Creditórios (FIDC) Fornecedores Petrobrás adquirido em Junho/2011 cujo prazo era de 48 meses e em 2012 um dos cotistas que firmou intenção de aporte não realizou a integralização e gerou um desenquadramento quanto à concentração por investimento em relação a Entidade (alocação atual de 55,73% e limite legal de 25% ao longo do segundo semestre) e forçou o resgate antecipado dos recursos. Até o presente momento, foram pagos 84% do montante devido, o restante ainda não foi honrado pelos gestores haja vista a situação de recuperação judicial que entraram as empresas fornecedoras da Petrobras constantes da carteira do fundo. Em 31/12/2016 esse fundo foi provisionado na custódia e no balanço.


Além da providência assim mencionada, a EnergisaPrev, junto à consultoria jurídica (contratação do escritório de Advocacia Pereira Neto Macedo Advogados pela Diretoria Executiva da Entidade) está analisando as condições de recebimento da dação do imóvel e demais trâmites envolvendo os procedimentos adotados pelo fundo (administrador e gestor) bem como demais responsabilidades dos administradores e gestores.

8. 5. RENTABILIDADE

A rentabilidade patrimonial consolidada no ano de 2017, dos planos ELÉTRICAS OP, ELÉTRICAS BD, CEMAT OP, CEMAT BD e RISCO, administrados pela EnergisaPrev, calculada pelo método da valorização da cota, teve resultados superior às respectivas metas atuariais. Com início das movimentações financeiras em 09/06/2017, o plano ENERGISA (CD) apresenta resultados proporcionais ao período no quadro a seguir. Com o CDI como índice de referência, o resultado Consolidado tem impactos em função do volume de recursos e forma de cálculo de cota patrimonial, que considera entradas e saídas.


O resultado alcançado reflete, parcialmente, a redução dos índices de inflação no exercício. Mas também é fruto da alocação segura e eficiente dos investimentos da entidade, que conseguiu aproveitar oportunidades, apesar do cenário de redução da taxa de juros.

A volatilidade observada no período trouxe oportunidades de compras de papéis com taxas acima das fixadas na meta atuarial dos planos, o que irá contribuir de forma positiva no longo prazo para o resultado dos investimentos e cumprimento das obrigações. A EnergisaPrev buscou maior diversificação de seus investimentos frente ao cenário de redução de juros e realizou investimentos em fundos multimercado de gestores terceirizados no segmento de investimentos estruturados a partir de  Agosto de 2017. A Entidade considera correta suas diretrizes de alocação, ratificando sua responsabilidade fiduciária e a contínua busca por investimentos capazes de manter a capacidade solvente e de equilíbrio dos planos, utilizando a maior gama possível de experiências capazes de munir a tomada de decisão de investimentos.

Abaixo, apresentamos as rentabilidades apuradas por segmento em cada plano no acumulado do ano de 2017:
 

* Plano ENERGISA com resultados proporcionais ao início das movimentações financeiras em 09/06/2017

A alocação em investimentos estruturados, previsto na Política de Investimentos aprovada pelo Conselho Deliberativo, através de fundos multimercados foi iniciada em Agosto deste ano. 
 

8. 6. RENTABILIDADE PATRIMONIAL E ALOCAÇÃO POR SEGMENTO – COMPARATIVO POR EXERCÍCIO 

*CDI apurado para comparação com plano ENERGISA é proporcional ao período de investimentos do plano e CDI apurado para comparação com plano PGA é referente ao exercício inteiro.


** Renda Fixa inclui, além dos investimentos, os disponíveis, realizáveis e descontos dos exigíveis operacionais.

8. 7. FLUXO ORÇAMENTÁRIO